Eduardo Formado em Publicidade e Especialista em SEO, Eduardo é o responsável pela estratégia e produção de conteúdos da Nomad. Apaixonado por tecnologia e finanças, o seu objetivo é tornar a vida do Global Worker cada vez mais simples.

Salário mínimo Espanha: qual o custo de vida no país?

bandeira espanha

Você sabe qual é o salário mínimo da Espanha? Conhecido por ser um local repleto de oportunidades, com uma moeda valorizada e boas condições de trabalho, a Espanha é um dos destinos mais procurados pelos brasileiros que buscam por segurança e estabilidade.

O fato é que, além de ser um ambiente seguro, a Espanha é também um país com boa qualidade de vida e ótimas condições de trabalho. Preparamos este conteúdo, repleto de dicas e informações importantes para você ficar por dentro do estilo de vida no país. Boa leitura!

Qual é o salário mínimo na Espanha?

O salário mínimo na Espanha, conhecido como sueldo mínimo interprofesional (SMI), é 1.000€. Porém, existem algumas variações que podem interferir neste valor, como: a empresa que a pessoa trabalha, as funções exercidas e os benefícios extras oferecidos pelo empregador.

É importante observar que em 2020, em decorrência da pandemia e da instabilidade do mercado, o governo criou o Decreto 38/2020, que estabelecia que o salário mínimo deveria ser 950€. O valor ficou congelado em 2021 e foi alterado em 2022.

Atualmente, a Espanha tem se tornado um destino muito popular para pessoas que desejam fazer um intercâmbio internacional, e por isso é importante aprender a língua espanhola e também como funciona o dia a dia do país.

Qual o salário médio da Espanha?

Como comentamos, o salário mínimo da Espanha é estipulado para todo o país, porém existem variações que influenciam diretamente no valor. Mas, existe uma média de estados em que os pagamentos são maiores. Veja só:

  • Madrid – 1.630,96€
  • Barcelona – 1.460,43€
  • Valencia – 1.399€
  • Sevilla – 1.296,23€

Quanto custa um aluguel na Espanha?

Assim como em qualquer lugar do mundo, os valores podem variar bastante dependendo da localização e das condições do imóvel. Muitos dos apartamentos, por exemplo, possuem varanda, climatizadores e infraestrutura moderna — o que pode influenciar diretamente no preço do aluguel.

Dentre as cidades mais caras para alugar um imóvel na Espanha, estão Barcelona, Madrid, San Sebastian e Bilbao.

Em geral, a média de preços do aluguel em residências nas regiões citadas acima, é de 872€. Em contrapartida, as regiões mais baratas, com uma média de preço de 464€, são:

  • Ourense;
  • Cáceres;
  • Ciudad Real;
  • Zamora.

Quanto ganha um garçom na Espanha?

Atuar como garçom pode ser uma oportunidade interessante para quem deseja iniciar a vida profissional no país e ter mais estabilidade. A média salarial entre garçons na Espanha é de 1.166€.

Além desta, existem outras profissões interessantes que servem como base para você estabelecer a média salarial (anual) que deseja, como:

  • Dentista: 64.538 €
  • Jornalista: 34.185 €
  • Engenheiro: 59.965 €
  • Gerente de Empresa: 42.317€

Quanto se gasta com alimentação na Espanha?

Os gastos com alimentação dependem muito do estilo de vida que você opta ter no país. Porém, a média de gastos é de 200€. Para você ter uma ideia, uma alimentação em restaurante (sem muitos luxos), custa cerca de 11€.

Trabalhar na Espanha vale a pena?

Seja presencialmente ou remotamente, a resposta é sim! Como você pôde ver, o salário mínimo na Espanha já é um valor super interessante, especialmente se for comparado ao Real (que anda desvalorizado).

Caso você more no Brasil, mas trabalhe remotamente, você pode receber dinheiro do exterior com a gente (da forma mais simples, rápida e segura possível). A Husky é especialista em transferências internacionais e tem a melhor taxa do mercado!

Eduardo
Eduardo Formado em Publicidade e Especialista em SEO, Eduardo é o responsável pela estratégia e produção de conteúdos da Nomad. Apaixonado por tecnologia e finanças, o seu objetivo é tornar a vida do Global Worker cada vez mais simples.