Eduardo Formado em Publicidade e Especialista em SEO, Eduardo é o responsável pela estratégia e produção de conteúdos da Nomad. Apaixonado por tecnologia e finanças, o seu objetivo é tornar a vida do Global Worker cada vez mais simples.

O que é overposting e como evitar em seu perfil do Instagram?

mulher segurando smartphone com app instagram aberto

As redes sociais são movidas a publicações. Mas há uma linha tênue entre engajamento e excesso, o que pode ser resultante no chamado “overposting”. No geral, tudo que é “over” é considerado um pouco negativo. Então, o melhor a fazer é tentar manter a qualidade das postagens e uma frequência adequada para elas.

Pensando nisso, separamos algumas informações sobre o que é overposting e como evitar a prática no seu perfil do Instagram. Assim, você vai poder utilizar a plataforma com mais assertividade e sem correr riscos de ficar “over” demais.

O que quer dizer overposting?

Overposting, ou excesso de postagem, na tradução livre, é uma atividade realizada, principalmente, nas redes sociais, por perfis que publicam conteúdos o tempo todo e acabam desgastando a própria imagem e cansando os seguidores.

De acordo com pesquisas de mercado, essa prática não é vista com bons olhos pelos brasileiros que utilizam as redes sociais – que costumam não curtir, não interagir com as postagens e, até mesmo, deixam de seguir as páginas em questão.

Para muitos internautas, o overposting é como um spam que polui o feed, tornando as publicações banalizadas. Como consequência, o alcance dos conteúdos e os resultados de entrega das postagens são influenciados por essa prática.

Isso porque os algoritmos das redes sociais estão valorizando, cada vez mais, conteúdos de valor, com bom engajamento e retorno orgânico. Assim, se você publicar demais e ninguém curtir ou comentar, provavelmente o alcance vai diminuir.

Diante desse cenário, é bom ficar claro que quantidade não reflete em qualidade. Assim, publicar muito pode trazer mais efeitos negativos que positivos. E não é isso que você quer para as suas redes e para as páginas da sua marca, não é mesmo?

O que significa overposting no Instagram?

Tudo em excesso pode incomodar. E com as redes sociais não é diferente! Por isso, é preciso evitar o chamado overposting no Instagram, que consiste na publicação excessiva de fotos, reels e stories no mesmo perfil em um curto período de tempo.

Se você tem costume de fazer overposting de fotos, por exemplo, pode estar correndo grande risco de perder seguidores e ter menos alcance na rede.

Isso porque, ao serem bombardeados por postagens constantes de um mesmo perfil no Instagram, os usuários tendem a deixar de seguir a página em questão e a parar de interagir com o perfil – o que pode ser ruim para os negócios.

No geral, as pessoas que seguem páginas comerciais e de empresas não querem ficar vendo postagens invasivas a todo momento. Caso isso aconteça, a tendência é que elas percam o interesse pelo perfil e, consequentemente, pela marca.

Tudo isso sem contar que, ao fazer várias postagens no mesmo dia, você acaba dividindo a audiência e a interação com cada uma fica abaixo do esperado. Assim, o algoritmo do Instagram passa a considerar o seu perfil desinteressante.

Dessa forma, o overposting se torna um problema para os perfis que querem ter relevância nas redes sociais, principalmente no Instagram. 

E esses excessos podem ser traduzidos em muitas impressões, baixo engajamento, alcance reduzido e perda de fãs, seguidores e clientes da sua marca.

Como evitar o overposting?

Depois de entender o significado de overposting e os riscos dessa prática para a credibilidade do seu perfil nas redes sociais, principalmente no Instagram, chegou a hora de saber como evitar o overposting e produzir conteúdos de qualidade.

Antes de mais nada, é preciso entender que os algoritmos das redes sociais estão em constante evolução. No início, as plataformas distribuíam o conteúdo de acordo com o ritmo de postagens de um perfil. Mas isso mudou há muito tempo.

Hoje em dia, o número de interações, engajamento e a qualidade dos conteúdos compartilhados são muito mais importantes para o algoritmo do que a quantidade.

Mas isso não quer dizer que as redes sociais não valorizam a periodicidade. Pelo contrário, elas veem com bons olhos os perfis que seguem um cronograma de postagens regular e mantêm uma audiência fiel às postagens. 

Assim, se a sua marca tiver conteúdo suficiente para alimentar as redes sociais todos os dias, de forma diversificada e com bom engajamento, você pode manter uma frequência mais ativa das publicações.

Mas se você perceber que o perfil tem pouco engajamento, o melhor é reduzir o número de postagens e investir em conteúdos mais relevantes, sempre com planejamento e foco no seu público-alvo e no que ele quer ver nas redes sociais.

Inclusive, o planejamento é a palavra-chave para evitar o overposting. Mesmo que definir o limite entre a constância e o excesso seja difícil, com planejamento é possível traçar as estratégias para que o seu conteúdo tenha mais qualidade.

Para isso, você precisa determinar os objetivos e o público que você pretende atingir. O ideal é organizar um cronograma a cada 30 dias, com os pontos principais da marca e o que está em alta no momento e deve ser compartilhado.

Você também pode testar interações e provocar reações com os seguidores, analisando o que vale, ou não, para o seu perfil. Stories, enquetes e transmissões ao vivo, por exemplo, podem ser ótimas opções para isso.

Então, entendeu melhor o que é overposting, os riscos dessa prática e como evitar no seu perfil do Instagram? Compartilhe nosso conteúdo com seus amigos e continue lendo nossos artigos para saber mais sobre redes sociais e negócios.

Eduardo
Eduardo Formado em Publicidade e Especialista em SEO, Eduardo é o responsável pela estratégia e produção de conteúdos da Nomad. Apaixonado por tecnologia e finanças, o seu objetivo é tornar a vida do Global Worker cada vez mais simples.